nome gui

                                                                                       SAMBA






Trajetória Musical

_MG_3094.JPG

Do batuque do fundão aos palcos da vida

Inicia sua trajetória em meados de 1998 com o Grupo Idioma Popular, do qual foi idealizador. Realiza, com o Idioma Popular, diversas apresentações, dentre as quais destacam-se: Sesc Vila Mariana, Teatro Denoy de Oliveira, Villaggio Café, Terraço Itália, Clube dos 500 – Guaratinguetá, Festa do 450º aniversário da cidade de São Paulo e Circuito Cultural Paulistano.

Em 2001 é finalista do festival da II Mostra Secundarista de Música com a música "Lona do Telhado" inclusa no CD do evento pelo selo da CPC - UMES.

Em 2002, participa da fundação e atua como compositor e músico do Bloco Carnavalesco Amigos da Vila Mariana, que realiza rodas de samba e desfiles de rua no bairro até hoje.

Impulsiona o primeiro trabalho de sua carreira em 2004, com o Grupo “Idioma Popular”, em gravação ao vivo no Conservatório Souza Lima (SP), CD Idioma Popular – ao vivo.

Em 2005, Guilherme Lacerda ganha notoriedade como finalista do Festival da TV Cultura, com a música “Rei do Pedaço”, na ocasião interpretada por Diogo Nogueira, de quem se torna parceiro, acompanhando-o na gravação do programa Sr. Brasil, de Rolando Boldrin na TV Cultura e em outras apresentações.

Ainda em 2005, organiza o CD comemorativo de 5 anos do Bloco Carnavalesco Amigos da Vila Mariana.

Entre 2006 e 2007 grava seu terceiro CD com o violonista João Marcondes, "Nosso Samba Vai Além", com novas composições. No mesmo período a dupla tem a música “Mistura Brasileira” gravada pelo compositor e parceiro Joca Freire.

A convite do músico e produtor Rafael Pereira grava o CD "Ponto de Vista", em 2008, com início de gravações em São Paulo e término em Atlanta (EUA), trabalho que conta com participação de músicos do Brasil, Porto Rico, EUA, Panamá e Venezuela.

Ainda em 2008, participa do projeto “Samba Nosso de Cada Dia”, realizado pela escola de samba Vai-Vai, com o samba “Destino de Vacilão”, em parceria com Carlão (compositor de Saigon) e Diniz de São João.

Impulsionado pelo CD Ponto de Vista, Guilherme Lacerda produz, no ano seguinte, 2009, o DVD “Ponto de Vista ao Vivo”, gravado na casa de espetáculos Café Paon, em São Paulo, local no qual também grava o CD ao vivo "Sorrindo de Canto em Canto", com produção musical de Marrom Santos, CD este que conta com a participação de diversos sambistas.

Em 2010 segue com o show “Sorrindo de Canto em Canto” por casas e bares de São Paulo, dentre as apresentações, destacam-se os shows realizados no Teatro da Vila, Bar da Meirinha, Miscelânea Cultural, Centro Cultural Popular da Consolação, Clube Ipê, entre outros.

Em fevereiro de 2011, apresenta seu repertório autoral na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, Lisboa (Portugal) em noite única, onde foi muito bem recebido pelo público português. Ainda, em setembro, realiza intercambio cultural para Cuba, se apresentando ao lado do grande sambista Osvaldinho da Cuíca, do qual se torna parceiro. No final de 2011 realiza a gravação do DVD Canto pra Nação.

Em janeiro de 2012 é selecionado como finalista da 1ª SP Exposamba - Globo TV, com o samba “Saquê à Pururuca” se apresentando no HSBC Brasil. Em julho de 2012 realiza apresentação no Centro Cultural do Brasil no Líbano, na cidade de Beiruth. Ainda em 2012 participa pela primeira vez do programa "O Amigo da Madrugada" de Adelzon Alves na Rádio Nacional do Rio de Janeiro se tornando amigo do apresentador e voltando ao programa por diversas vezes.

Em fevereiro de 2013 acompanha Osvaldinho na Cuíca nos programas Brasilianas de Luis Nassif da TV Brasil e de Milton Parron na Rádio Bandeirantes, ambos sobre a história do carnaval.

Em junho de 2013 ocorre o lançamento do curta "Revolução da Cuíca"de Luis Zakaib, filmado em Cuba, com Osvaldinho da Cuíca e participação de Guilherme "Che" Lacerda.(Confira aqui)

Em agosto de 2013 representa o Brasil no Festival Espirito Mundo na cidade de Aix-en-Provence na França juntamente com o Conjunto Pombocotó.

Em janeiro de 2014 produz ao lado de Marrom Santos Compacto Triplo, com as faixas "Meu Coração Pergunta"(Geovana/Guilherme Lacerda); "Quem Agride Perde a Razão"(Parreira de Jesus/Guilherme Lacerda) e "Tá Sempre Mastigando"(Guilherme Lacerda) com a participação especial de Luizinho 7 Cordas.

Em meados de 2014 participa do Show do cantor Cesinha Pivetta cantando as músicas "O Bonde do Passado" e "O Medo que o Mundo tem", ambas de sua autoria em noite única no Centro Cultural São Paulo na Rua Vergueiro.

Em outubro de 2014 faz turnê solo na Califórnia/EUA onde compõe e se apresenta ao lado de parceiros brasileiros radicados por lá, nas cidades de New Port, Santa Mônica, Los Angeles e Hermosa.

A partir de meados de 2014, ao lado de sua parceira e amiga Geovana, a rainha do partido-alto, atua na divulgação e reconhecimento do trabalho da compositora.

Em novembro de 2014 conquista o 2º Festival Canto Por Ti Corinthians com o samba "O Bordado da Cortina" participando também no início de 2015 do Programa Esporte Fantástico da Rede Record pela conquista do Título.

Em maio de 2015 acompanha o cantor e compositor Luiz Grande em turnê por São Paulo.

Em setembro de 2015 realiza turnê para Espanha tocando em Madrid ao lado do Grupo Samba de Terraza e, em apresentação única, destaca-se no Festival de la Luz ocorrido em Boimorto na região da Galícia com Guilherme Lacerda Samba Show.

Em dezembro de 2015 vai à Bahia e ao lado dos parceiros Edil Pacheco, Camilo e Pedrão (Grupo Butequim) participa da homenagem ao grande mestre Wilson Moreira.

Ainda no final de 2015 compõe com seu parceiro e amigo Armandinho a homenagem ao Hexa campeonato brasileiro do Corinthians, o "Samba do Hexa". Samba este divulgado em matéria exclusiva pelo Esporte Fantástico da TV Record. (Confira aqui)


Em 2016 inicia a produção do mais recente trabalho - Atalho - (a ser lançado em 2017) fazendo também a produção musical do CD - Sou da Madrugada - de seu pai Paulo Lacerda. Ainda em 2016 no dia do Samba, a convite do parceiro, mestre e amigo Edil Pacheco participa das festividades sambísticas em Salvador.


 Em janeiro do presente ano lança com seu parceiro Maurício Pito o videoclipe "O Trem que foi do Jaçanã" com produção de Segundas Estórias Filmes (Confira aqui)


Atualmente também participa das rodas de samba do Batalhão da Vagabundagem, em eventos com o Samba do Urso e o Grupo Prósamba e em participações especiais, principalmente em apresentações com seu trabalho solo como compositor.

Participou, acompanhou e atuou em CD's e/ou Shows/Apresentações de diversos sambistas, ora como compositor, ora como cantor, ora como cavaquinista, dentre eles: Osvaldinho a Cuíca, Luiz Grande, Wilson Moreira, Edil Pacheco, Geovana, Maurinho Ribeiro, Rodrigo Alves, Paulo Muniz Kannec, Vinicius Siqueira entre outros.

Seguindo com seu trabalho, Guilherme Lacerda apresenta repertório autoral em bares e casas de shows, com sambas de partido alto, samba-canção, samba de breque, maxixe e sambas-enredo. Também interpreta músicas de Noel Rosa, Candeia, João Nogueira, Bezerra da Silva, Adoniran Barbosa, Cartola, Moreira da Silva, Velhas Guardas da Portela e da Mangueira, Paulinho da Viola, dentre outros.

Entre shows, eventos e outros projetos, dedica-se a manter viva a chama dos antigos carnavais de rua e da cultura do samba tradicional.

Seu trabalho tem por objetivo precípuo divulgar o samba tradicional, compositores dessa mesma linhagem e apresentar suas composições de forma a contribuir para a preservação e difusão da cultura popular, em especial, O SAMBA!

FESTIVAIS - PRÊMIOS

-II Mostra Secundarista de Música(2001)

- Festival Cultura (2005)

- Exposamba (2012)

- Espírito Mundo (2013)

- Canto Por ti Corinthians (2014)

- Festival de La Luz (2015)